Amamentação e Prótese de Silicone. Quais preocupações se deve ter?

Olá hoje neste artigo iremos falar sobre a colocação da prótese de silicones e seus cuidados para quem pensa em amamentar futuramente. Este é um assunto que está tendo muita procura no consultório e preparei o texto abaixo para tirar suas dúvidas..

Amamentação e Prótese de Silicone nas Mamas

A prótese de silicone pode atrapalhar a amamentação

Existe muita dúvida das pacientes sobre a capacidade de amamentar ou não depois que as pacientes colocam uma prótese de silicone na mama.

Porque as pacientes querem, muitas vezes,  colocar a prótese de silicone para poder melhorar a autoestima, estão conscientes de todos os riscos que isso envolve? Estão conscientes das escolhas que estão fazendo em relação a trocas futuras, a necessidades de outras cirurgias, tem todas essas informações, mas ainda assim, elas optam por colocar a prótese de silicone.

E muitas delas me perguntam se vai ter ou não alguma interferência na amamentação. Então, a resposta padrão é não. A gente não espera que haja interferência na capacidade da mama amamentar depois de ter colocado uma prótese de silicone. Porque? Porque quando a gente coloca essa prótese, a gente mantém a estrutura das glândulas mamárias sem ser manipulados durante a cirurgia. A gente não interfere anatomicamente na estrutura das glândulas mamárias, quando a cirurgia é feita pelo sulco da mama, pela parte debaixo da mama, ou pela axila.

Quando a cirurgia é feita pela região da auréola a gente já tem sim uma possibilidade de maior comprometimento da amamentação porque ali a gente tem uma manipulação na área central da mama e não na periferia, que é o que a gente faz quando a gente corta pelo sulco da mama ou pela axila.

Quando a gente vai fazer uma colocação de prótese de mama pela parte debaixo, pelo sulco, que é a área que eu prefiro normalmente, eu corto a área do sulco, faço uma cicatriz de mais ou menos 5 cm, levanto a glândula mamária e coloco a prótese atrás dessa glândula. Então, teoricamente, anatomicamente, nós não interferimos na capacidade dessa glândula produzir leite, quando esse corpo gestar, quando tiver um bebê, relacionado a processo hormonal, tudo isso.

Mas é claro, que quem já amamentou, sabe que a amamentação é sempre uma caixinha de surpresas. Eu conto isso sempre pras pacientes, porque eu mesma nunca fiz uma cirurgia mamária e tive muita dificuldade para amamentar. Conheço amigas, colegas que tiveram filhos mais ou menos na mesma época que eu e tinham prótese de mama e conseguiram amamentar com muito mais facilidade do que eu. Então, assim a amamentação tem também uma questão genética, uma capacidade daquela glândula produzir leite que a gente não pode desconsiderar. 

Então, muitas vezes, aquela mama que não produzia leite e tinha prótese de silicone, talvez ela já não ia produzir mesmo esse leite. Porque ela já não tinha tanta capacidade assim de fazer essa função tão bonita que é amamentar. Mas é importante vocês saberem, que, teoricamente, não exista interferência na capacidade de amamentar e na cirurgia de inclusão de prótese de mama.

Muda bastante esse conceito, se for necessário fazer uma mastopexia. Porque a mastopexia envolve manipulação do tecido mamário para que a gente possa reposicionar esse tecido que está caído, além de colocar a prótese de mama. Certo? Se for necessário fazer uma mastopexia,  um ajuste da pele, um ajuste da posição da glândula mamária, não só inclusão da prótese, nós temos sim, mais preocupação em relação a  interferência dessa cirurgia na capacidade dessa glândula de produzir o leite. Porque ela será manipulada cirurgicamente, podem existir cicatrizes nas áreas das glândulas mamárias e isso pode sim dificultar uma  produção de leite, mesmo numa mama que tivesse já uma predisposição favorável para produzir o leite.

Então, se você está pensando em fazer uma mastopexia com prótese, ou uma mastopexia sem prótese, você precisa sim conversar com seu médico sobre o quanto ele espera que esta cirurgia vá ou não interferir na sua capacidade de amamentar, caso você ainda planeja ter filhos no futuro.

Gostou desse artigo? Suas dúvidas foram esclarecidas? Deixe um comentário e compartilhe conosco sua opinião!.

Leave a Comment